A Guarda Mirim de Araucária atende adolescentes entre 12 e 17 anos. Existente na cidade desde 2015, tem contribuído para formar cidadãos melhores e tem atuado na transformação pessoal e profissional de vários deles. Com acompanhamento semanal, os participantes discutem e têm a chance de aprender assuntos do dia a dia e formação cidadã, que auxiliam em seu aprimoramento intelectual, social e emocional. Devido à pandemia, os encontros têm acontecido de maneira online.

Com conteúdos teóricos, uma dinâmica e uma atividade prática, os assuntos são trabalhados de maneira mais lúdica para despertar o interesse dos jovens e acabam trazendo uma bagagem diferenciada para os participantes. Em 2020, por exemplo, os guardas mirins tiveram instrução sobre LIBRAS (Linguagem Brasileira de Sinais), Defesa Civil, Epidemiologia (animais peçonhentos), orientações sobre quando acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), noções sobre civismo, igualdade de gêneros, cultura da paz, valores morais e reflexão sobre preconceitos e seus impactos.

“Em alguns casos fazemos encaminhamento desses guardas mirins para o primeiro emprego. Ficamos satisfeitos em saber que a instituição tem cumprido seu papel e feito a diferença para a sociedade”, comenta o guarda municipal Jackson Leoni, diretor do departamento responsável pela Guarda Mirim.

Lucio Eduardo de Freitas, de 18 anos, é um dos egressos que se diz grato às portas que se abriram por ter integrado o projeto. “Estive na Guarda Mirim por 2 anos. Sai somente por conta do meu primeiro serviço, que inclusive a guarda me auxiliou a conseguir. Só tenho ótimas lembranças do dia a dia, das coisas simples que aprendi, mas me tornaram uma pessoa melhor. Fiquei mais proativo, uma pessoa com mais poder de decisão e também que sabe receber ordens e respeitar as normas. Além de tudo fiz ótimos amigos”, comenta o morador do Thomaz Coelho. Freitas está há 3 anos no emprego e atualmente atua na parte de peças de uma empresa do segmento agrícola.

Inscrições
O edital anunciando nova turma é publicado sempre em dezembro e o processo seletivo ocorre em fevereiro do ano seguinte. É dada prioridade nas vagas para as famílias de maior vulnerabilidade social.

Prefeitura Municipal de Aaucaria. Foto: Divulgação SMSP. ** Arquivo de 2019.